Safari economiza mais bateria do que Google Chrome no novo MacBook

Tempo de leitura: 1 minuto

 

Você sabia que os diferentes navegadores que podemos utilizar para navegar na internet podem interferir na quantidade de bateria que o notebook usa?

Durante muito tempo, os testes de avaliação de desempenho dos navegadores apontou a superioridade do Google Chrome no quesito consumo de energia.

 

Porém, um teste executado por Vlad Savov para o site The Verge mostrou que o navegador da Google pode não ser a melhor opção para poupar a energia dos novos MacBooks.

Ao desenvolver um review para o novo MacBook Pro com tela de Retina, Savov percebeu que a bateria do notebook poderia durar aproximadamente 3 horas a mais com a utilização do navegador Safari.

Esse teste consiste no acesso a diferentes websites e aguardar até que a bateria se esgote. A tela também foi ajustada com brilho em 65% durante a avaliação. Os resultados foram surpreendentes: enquanto com o Safari, navegador da Apple, a bateria durou 13 horas e 18 minutos, ao executar o Chrome o tempo de duração da carga da bateria caiu para 9h e 45 minutos.

O desempenho de cada browser também foi avaliado por Vlad. No teste de benchmark SunSpider, mais uma vez o navegador da Google ficou para trás. Segundo a ferramenta, que avalia o tempo que o navegador demora para desempenhar tarefas básicas, o Safari obteve um score de 144 milisegundos, já o Chrome demorou 30% mais, com 203 milisegundos.

Outros recursos também foram analisados, entre eles o YouTube. De acordo com os resultados, o Safari teve um desempenho melhor do que o Chrome na reprodução de vídeos em resolução 4K. O teste mostrou que o navegador da Google apresenta travamento aos rodar vídeos mais “pesados”.

Com esses resultados, não há dúvidas de que o navegador da Apple realmente consegue cumprir o seu papel: oferecer um melhor desempenho aos consumidores que utilizam os computadores da marca.

Fontes: Tecmundo, The Verge

 

2 Comentários


  1. Safari é imprescindível no nosso dia dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *