Você sabe como surgiram os primeiros notebooks?

Tempo de leitura: 5 minutos

1982

Você sabe como surgiram os primeiros notebooks?

Notebooks finos e leves já viraram tendência no mercado… Tanto que fica difícil imaginar que um dia esses portáteis foram aparelhos tão grandes e pesados. A história nos revela que os aparelhos passaram por uma série de adaptações até se tornarem os gadgets que conhecemos hoje. O Blog bringIT preparou um breve histórico para lhe contar um pouco sobre a origem dos notebooks. Confira!

O início de tudo

Por mais incrível que pareça, a história dos notebooks tem início no século XIX. O surgimento do primeiro portátil começou pelas mãos do matemático inglês Charles Babbage, em 1822. Na época, ele desenvolveu uma máquina de calcular que acabou se tornando referência para a criação de calculadoras digitais e de computadores.

GRiD Compass

157713-2-grid-compass-computer

Desenvolvido em 1979 e lançado em 1982, o portátil conhecido como GRiD Compass pesava aproximadamente 12 kg e podia ser adquirido por US$ 8.150 (o que na época era considerado valor bem alto, aproximadamente US$ 20 mil hoje). Revestido de liga de magnésio, o equipamento possuía um processador Intel 8086, tela eletroluminescente de 320×240 pixels e um modem de 1.200 bps. O alto custo e seu sistema operacional especializado limitaram seu uso apenas ao exército americano. Em 1985, o computador foi adotado pela NASA e chegou a equipar o ônibus espacial Discovery.

Bill Moggridge foi o responsável por desenvolver esse computador com o formato de “concha” (com tela de abrir, o mesmo utilizado nos notebooks modernos). Moggridge faleceu em 2012, aos 69 anos.

Osborne 1

osborne-1-prototype

Em 1981, Adam Osborne lançou o primeiro notebook completamente portátil. O modelo chamado de Osborne 1 possuía uma tela de 5’’, pesava 10,7 kg e custava US$ 1795. A principal deficiência do aparelho era os drives de disquete de face simples que não conseguiam conter dados suficientes para aplicações corporativas práticas. Inicialmente o aparelho teve boas vendas, mas com o lançamento de modelos concorrentes mais eficientes e de baixo custo ele perdeu espaço no mercado.

 Compaq Portable

compaq-portable

Anunciado um ano mais tarde, o Compaq Portable foi lançado em 1983 pela Compaq com basicamente o mesmo hardware de um IBM PC (modelo referência na época). O aparelho possuía CPU de 4,77 MHz, memória RAM de 128 KB, disco de 320 KB e um monitor CRT de 9 polegadas. Suas dimensões permitiam que ele fosse transportado numa maleta e encaixado sob o assento em um avião. O modelo ficou famoso entre os executivos, pois permitia o uso de planilhas (característica que na época impulsionava a vendas de computadores).

Epson HX-20

epson

No mesmo ano, a Epson lançou o primeiro modelo com dimensões de um caderno (notebook em inglês), o Epson HX-20. Com o mesmo tamanho de uma folha de papel A4, ele pesava pouco mais que 1,5 KG, possuía uma tela LCD e era alimentado por bateria. A máquina ainda era equipada com um microprocessador Two Hitachi 6301 em 1,00 MHz, 16 KiB ou 32 KiB e uma impressora minúscula integrada ao gabinete.

TRS-80 Modelo 100

trs80-100

Ainda em 83, a Kyocera lançou o TRS-80 Modelo 100, o primeiro notebook dobrável como um caderno. O modelo utilizado até hoje vendeu mais de 6 milhões de unidades em todo o mundo. Ele contava com processador 8-bit Intel 80c85, memória de até 32 KB e display de cristal líquido (LCD).

IBM PC Convertible

ibm

Lançado em 1986, o modelo foi um dos primeiros laptops da IBM e também o primeiro computador da empresa a usar drives de disquete de 3” 1/2 (componente que havia se tornado padrão no mercado). Ele era equipado com memória RAM de 256 KiB e processador Intel 80c88 em 4,77 MHz.

Compaq SLT/286

compaslt

O Compaq SLT/286 foi lançado em 1988, sendo o primeiro laptop com bateria capaz de suportar uma unidade de disco rígido interna. Além disso, pela primeira vez, um notebook contou com tela VGA (na época, todos os notebooks eram monocromáticos). A máquina equipada um processador 286 com 12 MHz de frequência, 20 MB de HD e 640 KB de memória RAM.

Inovações recentes

Thinkpad

SONY DSC

Em 1992, a IBM foi responsável pelo lançamento de um dos laptops mais importantes da história: o Thinkpad. Ele era equipado com o Windows e funcionava com um processador 486 de 50 MHz, 4 MB de memória RAM e 120 MB de disco rígido. Outra grande mudança foi a presença do trackpoint, localizado no meio do teclado (um substituto do mouse).

Em 1995, a marca lançou o Thinkpad 701, modelo que possuía um teclado bastante inovador. Chamado de “borboleta”, o componente era dividido em duas partes que deslizavam com a tampa do laptop ao ser aberto ou fechado.

18mi0vktf4klljpg

iBook

ibook

Até então todos os notebooks contavam com inúmeros cabos, mas em 1999 essa história mudou com a chegada do iBook. Desenvolvido pela Apple, o laptop foi o primeiro a promover internet Wi-Fi. O modelo em específico contava com memória RAM de 32 MB ou 64 MB e com processador PowerPC G3 (750) com 300 MHz.

Sting 917X2

3060000000056359

A consagração dos laptops aconteceu apenas anos mais tarde, com o lançamento dos notebooks Sting 917X2 (2005) e o MacBook Pro (2006). O Sting foi o primeiro modelo equipado com configurações poderosas para rodar jogos em um notebook. Ele contava com processador AMD 64 X2 Dual Core 4800+, tela de 17” (1900×1200), memória RAM de até 2 GB de 400 MHz e disco rígido de 240 GB. Sua placa de vídeo era uma NVIDIA 7800 GTX.

MacBook Pro

Já o MacBook Pro foi o primeiro computador da Apple a possuir processador da Intel, visto que anteriormente os equipamentos contavam com o chip Macintosh, da PowerPC. O modelo também possuía processador Intel Core Duo (substituído em outubro de 2006 pelo Intel Core 2 Duo), memória RAM de até 4 GB e disco rígido de 200 GB (5400 RPM), 250 GB (5400 RPM) ou 200 GB (7200 RPM).

De lá pra cá, muitas outras tecnologias foram integradas aos notebooks, tornando-os cada vez mais completos, modernos e indispensáveis em nossas vidas. Qual será a próxima grande inovação?

Fontes: Tecmundo, Terra, Engadget, Wikipédia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *